industrie-uk-store-covent-garden-3.jpg

5 Dicas para melhorar a estrutura interna de sua loja e vender mais

Muitos lojistas atribuem o sucesso de vendas apenas ao atendimento, recorrendo à contratação de novos funcionários como a única forma de alavancar as vendas. Embora investir na equipe seja importante, esse não é o único fator que influencia no desempenho.

Você sabia que a forma como a estrutura interna da loja é organizada influencia diretamente o comportamento dos clientes? Trocar um produto de lugar pode ter grande impacto sobre as vendas. Para entender como isso funciona, confira as dicas abaixo.

5 dicas para alavancar as vendas

1. Valorize a parte visual

A frente da loja é o que determina quem entra. Lembre-se desse detalhe na hora de montar não apenas a vitrine, como araras e mostruários mais próximos da entrada que são visíveis do lado de fora. Às vezes o cliente entra não por conta do produto da vitrine, mas da mercadoria que enxergou lá dentro.

2. Invista em espelhos

Uma tendência facilmente observada é como as pessoas diminuem o ritmo quando veem superfícies reflexivas. É uma atitude natural do ser humano, seja dentro do elevador ou na rua. Você pode aproveitar essa “mania” colocando espelhos no interior na loja, perto das araras e prateleiras e não apenas nos provadores.

Isso faz com que os consumidores andem mais devagar e tenham mais tempo – e calma – para observar as mercadorias. Que tal colocar um espelho grande atrás da prateleira de bijuterias? Além de observar as peças com calma, as clientes podem experimentar os produtos e conferir os resultados.

O mesmo vale para vitrines. Se você incluir espelhos ou superfícies reflexivas, quem estiver passando vai parar para olhar e assim, acaba vendo também os produtos expostos.

3. Preste atenção na movimentação dos clientes dentro da loja

Também foi observado que as pessoas se movimentam para o lado direito, tanto no dia-a-dia quanto em estabelecimentos comerciais. Isso quer dizer que, quando o consumidor entra na loja, ele segue primeiro pra direita – não em linha reta, como parece lógico. Consciente dessa informação, você deve montar uma estratégia para que as pessoas circulem pelo ambiente. Desse jeito, mais pessoas irão visitar outras seções da loja, conhecendo mais produtos.

Lado “esquecido”

Por conta desse hábito, o setor direito pode ficar esquecido. Se o cliente vai naquela direção e não encontra o que procura, a tendência é partir para uma sessão do seu interesse e não voltar àquele lado. Algumas estratégias ajudam a solucionar o problema.

Posicione os caixas no canto direito. Depois de percorrer a loja atrás da mercadoria que deseja, o cliente retorna ao lado direito, observando produtos que ele tinha ignorado. O mesmo vale para objetos em promoção. Afinal, a tendência do consumidor é parar para ver as mercadorias com desconto, mesmo que não sejam o que ele precisa.

4. Mantenha produtos em destaque

A área mais importante da loja é a parte dianteira, do lado direito. Reserve esse espaço para os produtos mais importantes, que necessitam de 100% de exposição ao público. É o local ideal para você exibir uma nova marca, por exemplo. Assim como os lançamentos que ainda não caíram no gosto do freguês e andam precisando de mais atenção.

5. Utilize as extremidades

Um fato interessante sobre o comportamento do consumidor, largamente ignorado pelas lojas, é que as pessoas andam olhando pra frente. As araras e prateleiras expõem produtos como se o cliente andasse de lado, ou com a cabeça sempre virada para as mercadorias – o que em geral não acontece.

O problema é que as pessoas passam direto, sem realmente prestar atenção a nenhum produto. Para corrigir isso, posicione mercadorias também nas extremidades dos corredores. É um método eficaz de expor os produtos aos olhos dos clientes. Se você tiver espaço na loja, vale a pena colocar um mostruário ou um manequim numa posição que esteja virado de frente para os consumidores.

Todos os lados

Essa dica completa a anterior. Quando utilizar displays e mostruários no interior da loja, certifique-se de que o cliente pode observá-los de todos os lados. Se você for colocar manequins no interior da loja, por exemplo, posicione um de costas para o outro, de forma que os clientes que se aproximam de ambos os lados observem os produtos. No meio da loja, dê preferência a mostruários que funcionem em todas as direções.

Gostou das nossas sugestões? Conte o que achou nos comentários! E aproveite para colocar as dicas em prática agora mesmo e melhore o fluxo de vendas da sua loja!