Loja1.jpg

Dicas de como criar uma campanha de promoção de vendas

Em determinadas épocas do ano, principalmente em datas comemorativas, as ofertas tomam conta das lojas de varejo. É difícil passar por uma vitrine em um shopping center ou rua comercial e não ver uma placa ou adesivo anunciando um incrível desconto em uma peça de roupa. Isso porque, ao realizar uma promoção, o pequeno empreendedor terá uma grande oportunidade para divulgar novos produtos, conquistar clientes, fidelizar os antigos e, claro, alavancar suas vendas. Contudo, reduzir aleatoriamente o preço dos produtos ou oferecer brindes e prêmios só para copiar as ações dos concorrentes nem sempre traz bons resultados. É preciso saber qual o seu principal propósito e que impactos financeiros ela trará para a empresa. Abaixo, confira algumas dicas de negócio que você deve seguir para obter bons resultados com uma promoção.

7 dicas para criar boas promoções

1. Defina o objetivo da promoção

Primeiramente, defina qual o propósito da ação. Os descontos podem ser oferecidos para atrair compradores, chamar a atenção dos clientes para uma determinada linha de produtos, abrir espaço nos estoques para novas mercadorias, entre outros motivos. Em seguida, determine qual o volume de mercadorias que você quer vender e em quanto tempo. Com isso, será possível definir melhor as peças de roupa que terão os seus valores reduzidos.  Atente-se aos períodos em que os consumidores estão naturalmente mais dispostos a comprar, como em datas comemorativas e trocas de estação, onde os descontos podem ser um estímulo adicional para que eles comprem mais produtos.

2. Determine qual é o seu público-alvo

Idade, sexo e perfil de consumo do seu público-alvo são fatores que certamente influirão no tipo de produto a ser oferecido, assim como nos canais de divulgação. Por isso, é importante determinar para quem a ação será destinada, a fim de acertar o alvo correto. Se o objetivo é reativar clientes antigos, a estratégia é fazer uma comunicação por e-mail ou telefone. Mas caso seja atrair novos compradores, então será necessário conhecer como e onde esse público pode ser encontrado, a fim de mobilizar os recursos adequados.

3. Escolha os produtos a pôr em oferta

As ofertas podem ser aplicadas em peças unitárias, determinadas marcas de roupas ou até mesmo em todo o estoque da loja. O mais importante é que os produtos selecionados ajudem a empresa a alcançar o objetivo da promoção. Para escolher as roupas que terão o preço reduzido, recomenda-se dividi-las em dois grupos distintos: as mais vendáveis, que são baratas e vendidas rapidamente, e as mais rentáveis, que possuem uma margem de lucro maior e demoram para serem compradas. Para quem deseja aumentar as vendas, as peças que estão na lista da mais vendidas são as mais adequadas para entrar em promoção.

Com elas, o fluxo de clientes aumentará significativamente. Mas quando o propósito é conquistar novos compradores, os produtos que devem entrar em oferta são os mais rentáveis. Estes, por serem mais valorizados pelos consumidores, tendem a ser mais lucrativos. Ao colocá-los em promoção, a loja chamará a atenção para a marca e atrairá mais consumidores. Outra dica importante é dar desconto nos produtos mais rentáveis apenas para os clientes especiais, ou entrar em contato com os mais antigos e informá-los que, se forem à loja em um determinado período, terão um ótimo desconto na compra dos itens mais rentáveis.

4. Calcule o valor do desconto

Nessa etapa, será preciso avaliar as finanças da empresa. Uma loja pode criar uma oferta com o objetivo de vender mais e atrair novos clientes, trazendo assim mais dinheiro para o caixa, ou apresentar novos produtos e fidelizar compradores, mas sem contar com o retorno financeiro imediato. Há ainda situações em que os empresários vendem o produto pelo preço de custo, visando conseguir apenas um capital de giro para aquele momento, seja para pagar despesas ou renovar o estoque. O grande problema é que alguns não fazem a conta antes de colocar os produtos em oferta, o que resulta em enormes prejuízos financeiros. Para que a promoção gere lucros, basta dar um desconto que seja menor que a margem de lucro do produto.

5. Marque uma data para o seu início e término

Ao criar uma promoção, a empresa precisa estabelecer o seu tempo de duração, que pode ser em horas, dias, semanas ou meses. Quando o objetivo é aumentar as vendas e conquistar clientes, a promoção deve durar no máximo um mês, podendo estender ou encurtar dependendo dos resultados alcançados. Quando uma oferta é longa demais, ela passa a ser percebida como preço fixo, o que acaba desvalorizando o produto e a marca e dificultando a venda após a promoção. A única exceção são as ações para clientes preferenciais, que podem ser mais longas ou permanentes. Caso contrário, uma prazo muito curto os deixará frustrados por não aproveitarem os descontos.

6. Seja objetivo na divulgação

Na hora de elaborar a divulgação das ofertas, seja com panfletos promocionais ou cartazes chamativos na vitrine, seja claro e objetivo na mensagem de maneira que o cliente entenda a promoção com facilidade. Caso contrário, ele entrará na loja e perceberá que aquilo que viu não condiz com o que está sendo oferecido.

7. Treine os seus vendedores

Em épocas de promoção, promover um treinamento para a equipe de vendas é essencial, assim como preparar o ambiente para receber um maior volume de clientes. Isso porque não adianta concentrar esforços na atração de compradores se não há funcionários preparados ou uma estrutura organizada para atendê-los.

Prestou bastante atenção nessas dicas? Agora basta segui-las para criar uma campanha incrível de promoção de vendas. Tem alguma dúvida ou quer compartilhar outra dica conosco? Aproveite o campo de comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *